Seminario 13 de Setembro 2014


João Sérgio P. Silva  13 de setembro de 2014 10:13

Turma,

Iniciamos agora o seminário...
Como sempre um delicioso clima, muitos abraços carinhosos, parece que nos apaixonamos todos uns pelos outros. A música deliciosa e aveludada em meio ao canto dos pássaros, afinando nossos corações.
Flora abriu o seminário, lembrando o clima seco, preocupada porque as pessoas não estão preocupadas...

Estamos falando da trama da Alma.
Estão aqui conosco Silvia, Adriana, Marcelino,Ligada,Rita, Nair, Joao, Marca, Ande e Marta...
Formamos um círculo com o mestre no centro em baixo desta choupana no meio das árvores. Não são as palavras as coisas mais importantes...


João Sérgio P. Silva 13 de setembro de 2014 10:56
Estamos falando sobre isso ou aquilo, e chegamos a conclusão que deveríamos aprender a aceitar a visão de isso mais aquilo. A Mara comentou que seu nome é Maralice, mas não gosta de ser chamada assim é prefere ser chamada de Mara. Gilberto fez as contas e mostrou que o nome Maralice tem Alma 16/7, P19/4 e M8 e que Mara eliminaria estes caras. Isso demonstraria inconsciente tentativa de renegar os Karmas. Entao refletimos que precisamos aprender a aceitar unir os opostos e surgiu uma nova fórmula para uma expressão antiga: Deus mora nos detalhes, como também no todo. Nos que vemos dois poderes por causa de nossa miopia...


João Sérgio P. Silva 13 de setembro de 2014 11:15
... A Silvia trouxe uma Pérola que o mestre havia dito para ela quando ela questionava os números de uma pessoa dizendo que não era possível aquele combinação de números. O mestre disse " Esqueca o impossível, concentre-se nas possibilidades"

João Sérgio P. Silva 13 de setembro de 2014 11:28
A Marcia relatou que não gostava de ser chamada de Marcia Cortes e tentou ser chamada de Marcia Duarte, porque ela gostava da delicadeza e união da família Duarte, e não gostava de ver que o pessoal da família Cortes usavam bengala. Ela revelou que ela não usa bengala por teimosia, pois tem um problema na perna e deveria usar bengala. Gilberto disse que ela deveria refletir que ela é uma Cortes, queira ou não, e João Sérgio lembrou que ela é Cortes, mas também Duarte, não isso ou aquilo, mas isso e aquilo.

RUTE13 de setembro de 2014 15:11
Ótimo relato João! Pode continuar que eu vou acompanhando ih ih ih.
Abraço Pessoal.
Rute

João Sérgio P. Silva13 de setembro de 2014 20:34
Bem,
O grupo teve um momento de conversa e surgiu a proposta de fazermos um blog com acesso para todos os estudantes de todos os níveis para trocarmos conhecimento, publicarmos fotos, vídeos e outros assuntos que possa interessar a todos. Surgiu uma sugestão de nome "Primavera da Numerologia". A idéia foi aceita pelo Gilberto.

Agora o assunto está em debate. Todos estão convidados a opinar e sugerir...


João Sérgio P. Silva14 de setembro de 2014 20:29
Resumo do seminario

Bem pessoal,

Nosso encontro como sempre foi uma experiencia rica em essencia e relacionamentos, onde predominou a leveza nos coracoes e o prazer de estarmos juntos participando de um magico banquete energetico.

As palavras sao pobres para descrever o que ocorre quando nos reunimos. Acontece uma magia, cuidadosamente preparada pelos planos invisiveis e cumpridas por nossa maga dos sentidos, sabores e aromas, que junto com o ambiente magico, eleva nossos sentidos a vibrações, e inexplicavelmente os predispõe a uma sintonia com planos mais elevados.

Ao entrar na casa, a porta se abre ante nossos olhos, o vento balança o sino e somos recebidos por uma paz e um perfume suave, pelo canto dos passaros, a musica aveludada e a beleza e simplicidade do ambiente. Entao entendemos que a magia é pura simplicidade e delicadesa.

Nos abracamos docemente como irmaos espirituais e pensamos com tristesa naqueles que nao puderam estar ali conosco, provando do manjar dos deuses.

O verdadeiro valor destes encontros esta na oportunidade de penetrar na essencia das coisas e transcender um pouco mais os limites dos simbolos e das formas.

As palavras ditas nao são o mais importante, e nem devemos perder tempo em anota-las porque nenhuma letra ou nunero novo foi nos dado, mas sim a oportunidade de penetrar mais profundamente no espirito das coisas..


Abracos a todos que estiveram e a todos que desejam participar deste banquete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário